terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Livro: "Criativo e empreendedor, sim senhor!" de Rafa Cappai

Hoje vou falar de um livro ótimo para quem está querendo empreender, mas está precisando de uma boa injeção de ânimo: "Criativo e empreendedor, sim senhor!" da Rafa Cappai, que é a criadora do Espaçonave, ministra cursos online, palestras e mentorias para os interessados em fazer sua ideia de negócio sair do papel. Neste post vou comentar alguns trechos do seu livro.

Livro Criativo e empreendedor, sim senhor! de Rafa Cappai
Livro Criativo e empreendedor, sim senhor! de Rafa Cappai.

Há algum tempo acompanho o trabalho da Rafa nas redes sociais e achei seu livro tão envolvente quanto seu conteúdo na internet. Com um texto descontraído, Rafa consegue nos motivar por meio da sua própria experiência como empreendedora, ao desconstruir certas ideias equivocadas sobre trabalho tradicional x trabalho criativo, ao explicar a economia criativa e ao dar referências de autores para quem quiser se aprofundar no assunto.  

Já gostei que logo de início a autora nos alerta para a "montanha-russa" que é empreender e como é possível num dia nos sentirmos cheios de energia e no outro bem frustrados, pensando em desistir de tudo. Como Rafa ressalta, mesmo sendo um processo de altos e baixos, empreender vale a pena quando descobrimos ser este o caminho para entregar o nosso melhor para o mundo com amor e comprometimento.

Sobre saber se estamos no caminho certo, Rafa nos dá algumas pistas no sentido do autoconhecimento, entre elas, prestar atenção, antes de tudo, no estilo de vida que gostaríamos de ter, para então investir num trabalho que combine com ele. Experimentar e observar se essa atividade é o que realmente cria uma energia interna capaz de nos movimentar em direção aos nossos objetivos. 

Quando você já sabe o que ama fazer e o que faz de melhor, aí é preciso ter foco e estruturar o seu negócio, unindo o lado criativo e o lado empreendedor. A autora nos lembra a importância da dedicação que se emprega nesse processo, da rotina e da constância para fazer com que um trabalho bem feito se torne também um trabalho remunerado, que possa efetivamente garantir nosso sustento.

Finalmente, mesmo que seja de uma maneira imperfeita e incompleta, chega uma hora que precisamos nos lançar para o mundo, nos testar e aperfeiçoar o trabalho com o feedback do público. A dica da Rafa é começar, mesmo que com um certo improviso, porque enquanto ficamos esperando o momento perfeito, podemos deixar passar ótimas oportunidades de aprendizado.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Decoração: o que podemos aproveitar do estilo escandinavo?

Há uns meses fiz uma pesquisa sobre design e decor e entre as perguntas coloquei uma questão sobre diferente estilos de decoração. Ao analisar os resultados, não me surpreendeu o fato do estilo escandinavo ser um dos preferidos dos entrevistados. Apesar de saber que é uma tendência forte no design mundial, fiquei me perguntando por quais motivos uma cultura tão distante pode nos inspirar tanto.

Proposta em 3D de decoração no estilo escandinavo
Proposta em 3D de decoração no estilo escandinavo.

A Escandinávia é uma região localizada no norte da Europa, composta por ilhas, territórios e também pelos conhecidos países nórdicos, como a Noruega (oi, Vikings!). Sendo uma região cortada pelo Círculo Polar Ártico, já sabemos que as paisagens e o clima são bem diferentes dos nossos, predominantemente, tropicais. Essas questões geográficas exercem uma influência direta no jeito de viver das pessoas e na composição de seus lares.

Sendo assim, o que procuram os escandinavos ao decorar suas casas e o que podemos aproveitar desse estilo? A proposta de ter uma casa funcional é uma das suas características mais atraentes. Para eles, uma casa  sem muitos objetos é uma maneira de deixar a vida doméstica mais prática, a fim de aproveitar o tempo ao ar livre, quando as temperaturas estão mais amenas. Para nós, a inspiração surge dos objetos de design cuidadosamente selecionados para compor esse ambiente minimalista.

Sabe aquela história de ter poucas e boas peças no seu acervo? Isso vale para um guarda-roupa minimalista, por exemplo, como para os ambientes da nossa casa. Podemos selecionar objetos de família que ainda são úteis e podem ser reformados, podemos investir em móveis assinados ou réplicas com as quais nos identifiquemos. A proposta aqui é tentar optar sempre que possível por produtos que reúnam qualidades estéticas e funcionais.

Portfólio Cerâmica Portinari: coleção Escandinávia HD (porcelanato esmaltado)
Portfólio da Cerâmica Portinari: coleção Escandinávia HD (porcelanato esmaltado).

A base neutra e clara nos revestimentos é outra característica marcante do estilo escandinavo que pode ser bem aproveitada na nossa realidade. Para eles, o uso abundante do branco nos interiores é uma necessidade de aproveitar a reflexão de qualquer luz que entre pelas janelas, especialmente no  inverno. Por isso, a opção por madeiras bem claras, quase desbotadas, em pisos e paredes.

Aqui no Brasil, os tons claros e neutros trazem um frescor muito bem vindo nas altas temperaturas do nosso país. No lugar da madeira, podemos optar por porcelanatos que imitam esse material, sem deixar de criar uma atmosfera aconchegante e que nos ajude a relaxar depois de um dia agitado, ótimo para quem mora em grandes cidades! As cores quentes aparecem nos móveis e nos detalhes da decoração, minimalista sim, mas sem deixar de ter um toque de alegria.

Kindle Amazon

Addthis

Pin It button on image hover